Torrents do Pirate Bay no site da MPAA?

sábado, 9 de maio de 2009 · 0 comentários

Hackers usaram uma falha no site da MPAA, a associação dos produtores de filmes de Hollywood, e injetaram lá listas de torrents do Pirate Bay.

Quando usuários navegavam nas páginas de sites recomendados pela associação, encontravam listas de torrents para baixar filmes diretamente do Pirate Bay. A ironia é óbvia: a MPAA está movendo uma ação legal contra o Pirate Bay, site de compartilhamento de arquivos sediado na Suécia.

Para incluir os links sarcásticos no site da MPAA, os hackers lançaram mão de uma falha de cross-site scripting. A associação já corrigiu a falha em seu site principal. Mas, segundo o site Softpedia, há ainda outros sites da associação que apresentam a vulnerabilidade.

Quem responde pela invasão do site da MPAA é um grupo de hackers chamado Team Elite, que tem em seu “currículo” a penetração em outros grandes sites como eBAy, Intel, McAfee, Symantec, Kaspersky, Avira e ESET.

Fonte: http://info.abril.com.br



Elysiants, orkut de luxo, de chegada ao país

· 0 comentários

Elysiants.com: rede social quer celebrar a vida com estilo; mas só serão aceitos convidados VIPs

SÃO PAULO – A muitos champanhes, numa festa na Pink Elephant, no Jardim Europa da capital paulistana, será inaugurada a primeira rede social de luxo do país, a Elysiants. Mas não é só para a festa que convites e ‘bons contatos’ serão indispensáveis.

A comunidade online luxuosa, que já está presente em Hong Kong, Curaçao (Antilhas Holandesas) e Dubai (Emirados Árabes Unidos) não permite a entrada de qualquer usuário em seus domínios. Para se conectar com outros amigos high profile, o usuário precisa ser recomendado por quem já está na rede.

Elysiants oferece a maioria dos recursos que você encontrará em outras redes sociais normais. O que a faz especial é que nós tivemos êxito na criação de uma rede onde nossos membros podem interagir privadamente com marcas de luxo, donos de hotel de luxo, clubes e restaurantes e instituições selecionadas”; diz Ronald de la Fuente-Saez, diretor comercial da Elysiants.

Apesar da preocupação em atrair o mercado luxuoso para o site, a Elysiants diz não promover nenhum tipo de estratégia ou isca para trazer empresários renomados. Tudo se baseará em festas grã-finas, no boca a boca, segundo de La Fuente-Saez: “Além de organizar eventos, não temos qualquer tática para atrair usuários. Preferimos nos centrar na qualidade na base dos membros do que na qualidade".

Ainda de acordo com o diretor da empresa, quando o assunto é a indústria de celebridades, a postura da Elysiants é a mesma: "Celebridades nacionais e internacionais são muito bem-vindas para participar, e já aderiram, mas respeitamos a privacidade deles e trataremos como outro membro qualquer, como VIP”.

Fonte: http://info.abril.com.br

Laudo dirá tamanho das perdas com Speedy

· 0 comentários

Uma reunião entre o Procon-SP e representantes da Telefônica, nesta sexta-feira (8), terminou sem consenso em torno do desconto que usuários do Speedy receberão pelas falhas que o serviço sofreu no início de abril.

Esta foi a segunda reunião entre as partes que terminou em impasse.

O Procon-SP considera insuficiente o desconto equivalente a 12 horas de serviço oferecido pela Telefônica aos usuários paulistas vítimas da pane que afetou a banda larga da tele mês passado.

Segundo o Procon-SP, a tele espanhola insistiu que 12 horas é um valor adequado para descontos.

Para solucionar o impasse, um instituto independente vai analisar as falhas no Speedy e produzir um laudo. O documento deve ficar pronto até o final deste mês.

As partes voltarão a conversar após a análise do laudo.

EUA analisam acordo do Google sobre livros na Web

· 0 comentários

Diane Bartz

Procuradores estaduais dos Estados Unidos estão analisando uma proposta de acordo do Google Inc com grupos de representantes de autores e editoras que permite a digitalização de milhões de livros pela empresa, afirmou à Reuters, nesta sexta-feira, um participante das conversas.

Um grupo de procuradores discutiu o acordo durante uma teleconferência de uma hora na terça-feira, segundo Peter Brantley, diretor da Internet Archive.

O Departamento de Justiça dos EUA também instaurou inquéritos para investigar o acordo da Google para apaziguar disputas sobre seu projeto de publicar milhões de livros na Internet.

Mas o acordo vêm sendo acusado de não mencionar o que o Google iria eventualmente cobrar das bibliotecas, que temem que o serviço se tornará muito caro.

"Não havia nenhuma indicação de que teriam alguma atividade específica planejada" pelos procuradores, afirmou Brantley, dono da Internet Archive, que também digitaliza livros e ainda está criando uma biblioteca digital de sites de Internet.

A Google afirmou que o acordo deve expandir o acesso a muitos livros.

"O Departamento de Justiça e vários procuradores nos contataram para descobrir mais sobre o impacto do acordo, e estamos prontos para atendê-los", disse um representante da Google em uma declaração por email.

Críticos do acordo dizem que ele permite que o Google —e somente ele— digitalize obras ditas órfãs, o que remete a questões de antitruste.

Obras órfãs são livros, e outros materiais, que ainda são contemplados na legislação de direitos autorais norte-americana, mas ao mesmo tempo, não se sabe ao certo quem possui os direitos sobre elas.

"Minha impressão é que as questões se focaram principalmente na arrecadação dos fatos", afirmou Brantley sobre as conversas de terça-feira. Ele disse que houve discussões sobre se os autores de obras órfãs seriam representados no acordo satisfatoriamente.

Sob a proposta do acordo, assinado em outubro último entre o Google, o sindicato Authors Guild, e o Association of American Publishers, a Google concordou em pagar 125 milhões de dólares para criar um registro de direitos literários, onde autores e editores poderão registrar suas obras e receber compensações por assinaturas institucionais e vendas de livros. Um tribunal ainda deve ratificar o acordo.

Fonte: www.terra.com.br

Britânico transforma apartamento em nave de "Star Trek"

· 0 comentários

Um britânico apaixonado por ficção científica transformou seu apartamento em uma cópia fiel da nave estelar USS Voyager do filme Jornada nas Estrelas.

Tony Alleyne, morador de Hinckley, no condado de Leicestershire, equipou seu apartamento de 152 m² com luzes que são ativadas pela voz, paineis sensíveis ao toque e ar condicionado.

As obras duraram cinco anos, tendo sido completadas em 2004. O britânico trabalhava como DJ profissional até 1994, quando perdeu o emprego. Sem formação universitária, ele decidiu investir em sua maior paixão: ficção científica.

"Eu combinei meu amor por ficção científica à única disciplina que eu gostava na escola, que era arte e artesanato", afirmou, acrescentando ter construído ele próprio todos os móveis do apartamento futurístico.

A experiência rendeu frutos e inspirou o britânico a criar sua empresa de design de interiores, a 24th Century Interior Design.

"Agora eu gostaria de embarcar em um novo projeto de ficção científica. Com base nos emails que recebo de gente do mundo todo tenho certeza de que há pessoas que também adorariam viver a experiência".

Fonte: www.terra.com.br

Sun afirma que pode ter violado leis de corrupção

sexta-feira, 8 de maio de 2009 · 0 comentários

Jim Finkle

A Sun Microsystems Inc, fabricante de hardwares que será adquirida pela Oracle Corp por mais de 7 bilhões de dólares, informou nesta sexta-feira que pode ter violado uma lei norte-americana que proíbe empresas de subornar autoridades internacionais.

"Nós identificamos possíveis violações do Ato de Práticas de Corrupção no Estrangeiro, resolução da qual podem ter surgido efeitos materiais em nossos negócios," afirmou a Sun, em formulário para a Securities and Exchange Commission (SEC).

A empresa disse que tinha notificado as atividades suspeitas para o Departamento de Justiça norte-americano, assim como para a SEC. Também contratou advogados externos para ajudar nas investigações, que descobriu durante o atual ano fiscal, que começou em julho de 2008.

A Sun afirmou que também levou o caso às autoridades do país onde as atividades teriam ocorrido, mas não identificou qual país.

"O resultado deste, e de quaisquer outros casos, não podem ser previstos," disse a Sun no documento regulatório.

Penalidades possíveis podem incluir multas, sanções criminais e a proibição de fechar negócios com o governo federal dos EUA, disse a empresa. O governo federal é um dos maiores clientes da Sun.

Um porta-voz da Sun afirmou que não poderia comentar o caso imediatamente. Já uma porta-voz da Oracle se recusou a comentar.

A empresa acrescentou que se a aquisição pela Oracle não acontecer, eles poderiam ter que pagar um multa de 260 milhões de dólares como taxa de rescisão e reembolsar a Oracle em até 45 milhões de dólares em despesas.

Fonte: www.terra.com.br

Gmail falha e deixa usuários 20 min offline

· 0 comentários

SÃO PAULO - Se você não instalou Google Gears, o aplicativo que permite acessar e-mails antigos mesmo sem conexão à web, o Google está te incentivando a fazê-lo. Pelo segundo dia seguido, contas do Gmail ficaram inacessíveis para usuários brasileiros.

Na tarde de quinta-feira (7), uma falha tornou inacessíveis por 40 minutos vários serviços do Google, como busca e e-mail.

Em nota, a empresa disse que um problema numa manutenção de rotina em seus roteadores causou a instabilidade que afetou parte dos usuários brasileiros.

Na manhã desta sexta (8), uma falha global deixou o Gmail instável entre às 6h19 e 6h37, no horário de Brasília.

De acordo com o Google Dashboard, site do Google que monitora a estabilidade de seus serviços, os problemas foram resolvidos em menos de 20 minutos.

Neste período, diz o Google, “um número significativo de usuários foi atingido”.

Fonte :http://info.abril.com.br

Defesa dos EUA vai beneficiar tecnologia e segurança na web

· 0 comentários

À medida que o Departamento da Defesa dos Estados Unidos reformula sua capacidade militar e se equipa melhor para enfrentar operações de combate irregular, as empresas que se concentram na tecnologia de informação e em prevenir novas ameaças de segurança estarão bem posicionadas para se beneficiar.

O governo Obama esta semana solicitou ao Congresso US$ 663,8 bilhões para o Pentágono, que mudará de foco e passará a dedicar mais recursos a combater insurgentes do que a inimigos tradicionais. O orçamento, que precisa de aprovação do Congresso, pode resultar no encerramento da produção do F-22, o caça stealth da Lockheed Martin, do helicóptero presidencial VH-71 e do avião de carga militar C-17, da Boeing.

Mas também reforçaria as verbas de sistemas que coligem, monitoram e disseminam informações, e ofereceria cobertura adicional do campo de batalha por veículos aéreos não tripulados. Também está prevista uma expansão de mais de 2,4 mil soldados no efetivos das forças de "operações especiais".

"As empresas que estão produzindo tecnologias que auxiliam os soldados no campo de batalha de maneira prática" devem se beneficiar, disse Brian Ruttenbur, analista de defesa da Morgan Keegan. "Coisas que apresentam custos muito elevados e retornos questionáveis estão chegando ao fim", acrescentou.

Jim McAleese, um consultor de defesa, disse estar surpreso pela forte concentração da Casa Branca em cancelar cerca de US$ 5 bilhões de verbas adicionais para armamentos em uma proposta de orçamento de guerra suplementar, quando está a ponto de apresentar um orçamento de US$ 3,55 trilhões.

Dado o esforço para cortar programas de armas, alguns representantes do setor estão começando a temer que "defesa talvez se torne um nome feio na Casa Branca".

Mas Alex Hamilton, diretor executivo sênior da Jesup & Lamont Securities, disse que a mudança de foco do governo Obama demonstra que as autoridades estão cada vez mais preocupadas com as operações de inteligência e a proteção de redes de computadores contra ameaças, e não com a produção de equipamentos militares mais tradicionais.

Fontr: www.terra.com.br

Na próxima Terça-Feira de Correções, 12/5, a Microsoft deverá soltar apenas uma correção crítica, que afeta o PowerPoint. Como faz tradicionalmente, a

· 0 comentários


Alguns usuários não conseguiram acessar nenhum dos serviços do Google, inclusive a busca, na tarde de hoje (17).

Relatos de 140 caracteres com expressões similares a “Google caiu” se espalharam como fogo em palha pelo Twitter. Pelas buscas do site de microblog, usuários estrangeiros também comunicam a queda do site.

Um dos internautas nacionais, Jobson Lemos, teve o Gmail e o Gtalk inacessíveis por 30 a 40 minutos. “Trabalho com outro programador no desenvolvimento de ferramentas. Foi uma hora a menos de produtividade”, disse, afirmando que alguns de seus colegas de trabalho também não conseguiram o acesso.

No Twitter, alguns internautas da Argentina, Estados Unidos (Seattle) e, principalmente, do Brasil, reclamaram da impossibilidade em acessar os serviços da empresa.

O Google Brasil, por meio de sua assessoria, no primeiro momento, comunicou que os servidores da companhia não deixaram de funcionar normalmente em momento algum, e o problema poderia estar em alguns ISPs.

Atualização:

Em comunicado oficial, poucas horas depois do ocorrido, o Google esclareceu o porquê dos problemas:

A respeito da indisponibilidade verificada por alguns usuários em relação a alguns serviços do Google na tarde desta quinta-feira, 7 de maio, o Google informa que não houve falha em nenhum de seus servidores. Durante uma manutenção de rotina, alguns roteadores foram afetados, o que causou impacto no tráfego de parte dos usuários brasileiros, limitando acesso aos serviços da empresa por alguns instantes. O acesso foi restabelecido prontamente. Sabemos quão importante é a disponibilidade dos nossos serviços e lamentamos qualquer inconveniente.”

Fonte: http://info.abril.com.br

fONTE

MS corrige falha crítica no PowerPoint

· 0 comentários

Na próxima Terça-Feira de Correções, 12/5, a Microsoft deverá soltar apenas uma correção crítica, que afeta o PowerPoint.

Como faz tradicionalmente, a empresa não antecipa detalhes. Diz apenas que a exploração da brecha pode levar à invasão da máquina e à execução remota de código remoto. A falha afeta todas as versões ativas do PowerPoint: 2000 SP3, XP SP3, 2003 SP3 e 2007.

Sabe-se, no entanto, que a vulnerabilidade – objeto de um alerta publicado pela empresa em abril – ocorre quando o PowerPoint acessa um objeto inválido na memória ao tentar abrir um arquivo maliciosamente alterado.

Também deve receber a correção o programa PowerPoint Viewer, nas versões 2003 SP3 e 2007 SP1 e SP2. Haverá ainda uma atualização para o Pacote de Compatibilidade do Office 2007, o plug-in que dá a versões anteriores a capacidade de ler arquivos criados com o Office 2007.

ebusiness IE vai cair para 50% do mercado, diz análise

· 0 comentários

Análises não são auspiciosas para este software

SÃO PAULO - Uma análise da Net Applications prevê que o navegador líder de mercado Internet Explorer terá menos de 50% do mercado até 2011.

A conclusão é baseada no ritmo de declínio do IE frente ao Firefox e o surgimento de novos players neste setor, como o Chrome do Google. A análise da Net Applications foi reproduzida pela agência Reuters (em inglês).

Em abril, o IE voltou a encolher, desta vez 0.7 ponto percentual, e fechou o mês com 66,1% dos usuários de internet. A estreia do IE8, mais veloz que o IE7 e com recursos como navegação anônima e webslices, não serviu para reverter a longa sangria do Explorer. O IE 8, em abril, anotou sozinho 2,2% de todos os acessos à web.

O principal rival a tomar usuários do IE é o Firefox, que mantém trajetória ascendente. O Chrome, mesmo sem decolar, é visto como uma grande ameaça pois é promovido pelo Google. Opera e Safari aparecem como coadjuvantes na disputa.

Se o encolhimento do IE não for revertido, a perspectiva da Net Applications é que o domínio de 66% do mercado encolha para menos de 50% até o final de 2011.

Fonte: http://info.abril.com.br

WGA muda de nome para ficar ´simpático´

· 0 comentários

Se o seu Windows exibir essa estrela isso não é um bom sinal

SÃO PAULO - A Microsoft decidiu mudar o nome de seu programa que verifica se uma cópia do Windows é autêntica ou não.

Criado em 2006, o Windows Genuine Advantage baixa códigos no PC do usuário que o lembram sempre que possível que aquela não é uma “cópia genuína”, caso identifique que não se trata de uma cópia vendida pela Microsoft.

Na prática, o WGA é apenas uma chateação para o usuário, que é obrigado a conviver com lembretes e pop-ups que carregam na área de notificação (ou bandeja do sistema) no Windows. As dificuldades que o WGA causam para o usuário renderam o apelido de “Windows Genuine Disadvantage”.

A partir do Windows 7, o aplicativo que verifica se um sistema é original ou não será chamado de “Windows Activation Technology”, um termo que não faz alusão ao fato da cópia ser “genuína” ou não autorizada.

Para manter o sistema operacional em funcionamento, o usuário deve validar sua licença no site da Microsoft. Esta tecnologia será testada já em março de 2010, quando os usuários que baixaram o RC 1 do Windows 7 deverão desistir do sistema ou comprar uma licença.

Quem rodar o RC1 após março, verá sua máquina ser reiniciada a cada duas horas.

Combustível nuclear para naves acaba em 2010

· 0 comentários

Genesis, da NASA: a corrida agora é por um combustível nuclear mais rentável

SÃO PAULO – Em longas viagens espaciais, quando a luz do sol se encontra insuficiente para células solares, a única solução para servir de combustível é o isótopo plutônio 238. Que tem previsão de se esgotar em 2018.

Com o inventário existente funcionando na reserva, não há nenhuma outra boa alternativa pronta, segundo relatório entregue esta semana pela US National Research Council.

A tecnologia feita para funcionar em radioisótopos geradores térmicos foi desenvolvida durante o início da Guerra Fria, mas, as armas de produção de reatores que produziam o plutônio 238 foram desativadas há duas décadas.

De acordo com a New Scientist, são necessários 8 anos para começar a produzir 5 quilos de plutônio-238 por ano. E isso custaria US$ 150 milhões em investimentos para novos equipamentos.

Fonte: http://info.abril.com.br

Brasileiros reportam problemas para acessar Google

· 0 comentários


Internautas brasileiros estão reclamando de dificuldades para acessar o Google e seus serviços. No Twitter, dezenas de usuários brasileiros estão reportando problemas, entretanto, muitas pessoas conseguem ver a página e também acessar os serviços. O Google Brasil não registrou nenhum problema nos servidores da empresa.

"Não sabemos qual é a origem do problema, mas não é conosco", disse Felix Ximenes, diretor de comunicação do Google Brasil, ao Terra. "É algum nó na internet que não está funcionando".


Fonte: www.terra.com.br



Microsoft venderá Windows Vista até 2011

· 0 comentários

Com a iminência do lançamento do Windows 7, muitos usuários estão se perguntando até quando a empresa continuará mantendo o Vista, que não fez muito sucesso, no mercado. Mas a empresa anunciou que abastecerá as prateleiras do comércio com o Windows Vista até janeiro de 2011.

Além disso, o suporte às três versões mais básicas do sistema operacional continuará ativo por ainda mais um ano, encerrando suas operações em abril de 2012, noticiou o site Engadget. Para os proprietários das versões Business e Entreprise, o suporte atende até abril de 2017.

"Sob a política de suporte, as licenças do Windows estarão disponíveis por quatro anos após sua distribuição geral em todos os canais de distribuição padrões do produto", dizia um anúncio no site da Microsoft.

A dúvida do período de comercialização surgiu depois que Richard Francis, gerente geral e chefe do grupo de negócios da Microsoft na Ásia disse ao site Computer World que não estava seguro de que os fabricantes de computadores iriam estar aptos a vender o Vista uma vez que o Windows 7 estivesse disponível, levando a crer que a empresa retiraria o Vista do mercado na primeira oportunidade.

O site Slashdot, entretanto, acredita que com o lançamento do Windows 7, poucas pessoas irão recorrer ao suporte, uma vez que quase a maioria absoluta deve migrar para o novo sistema. "A verdade é que poucas pessoas pedirão suporte quando o Windows 7 estiver à venda", prevê Michael Cherry, analista da Microsoft.

UE decide multa contra Intel em 13 de maio

quinta-feira, 7 de maio de 2009 · 0 comentários

A Comissão Européia deve determinar na próxima semana que a Intel, maior fabricante de chips do mundo, quebrou regras de concorrência e vai multar a empresa e exigir mudanças na forma como a companhia concede descontos sobre seus produtos, informaram fontes nesta quinta-feira.

Fontes próximas do assunto disseram à Reuters que a Comissão deve tomar a decisão em 13 de maio, durante a reunião semanal do órgão executivo da União Européia. A decisão será tomada com base em recomendação da comissária de defesa da concorrência, Neelie Kroes.

A Comissão Européia não comentou o assunto e o porta-voz da Intel, Chuck Mulloy, afirmou que "não fazemos parte do processo de decisão (da Comissão Europeia). Essas informações são especulativas e portanto não comentaremos".

O órgão executivo da União Européia afirmou em 2007 que a Intel concedeu descontos ilegais a fabricantes de computadores que limitassem ou eliminassem completamente o uso de chips produzidos pela rival de menor porte AMD.

Em julho passado, a comissão impôs acusações adicionais à Intel, afirmando que a empresa pagou lojas para não venderem PCs que usassem chips da AMD. A Intel tem afirmado por diversas vezes que não fez nada de errado.

Fonte: www.terra.com.br

Saiba quais chips não suportarão ´modo XP´

· 1 comentários

Somente chips com virtualizãção vão suportar ´modo XP´

SÃO PAULO - Um dos recursos mais comemorados do Windows 7, o “modo XP”, não poderá ser desfrutado por todos os usuários.

Um trunfo da Microsoft para incentivar a migração ao novo sistema, principalmente entre empresas, o modo XP rodará apenas em máquinas que tenham chips com suporte a tecnologias de virtualização.

Isso restringirá o recurso a processadores com suporte às tecnologia Intel Virtualization Technology (Intel VT) e AMD Virtualization (AMD-V).

As duas empresas já se manifestaram sobre o assunto. No caso da Intel, alguns processadores mais antigos das linhas Core 2 Duo, Core 2 Quad, Pentium 4 e Pentium D ficam de fora da lista.

Já no caso da AMD, o único chip da marca que está à venda atualmente e não traz a tecnologia embarcada é o Sempron, mas outros modelos antigos não têm suporte à tecnologia.

É o caso dos chips Turion K8 Rev E, para notebooks, e dos chips anteriores a Rev F Athlon, para desktops. Todos os demais chips suportam o “modo XP”, segundo a empresa.

No caso dos processadores Opteron, para servidores, todos os modelos a partir do Rev F incluem a tecnologia AMD-V.

Para verificar se um determinado chip suporta ou não o “modo XP” é necessário checar suas especificações e verificar a presença das tecnologias de virtualização.

Fonte: http://info.abril.com.br

Tenha cuidado com o orkut, diz Google

· 0 comentários

Digitar senhas em LAN houses nem sempre é seguro

SÃO PAULO - O Google publicou, no blog do orkut, uma relação de cuidados de segurança para tentar minimizar o número de usuários vítimas de golpe no orkut, como roubo de senhas, perfis, comunidades e infecção por códigos maliciosos.

Os problemas de segurança na rede social afetam a imagem do orkut e fazem alguns usuários desistir de usar o serviço.

Entre as recomendações do Google estão cuidados simples, como criar uma senha difícil e não fornecê-la a sites não autenticados pelo Google, como serviços terceiros que registram scraps recebidos por terceiros ou, a partir de sua senha no orkut, realizam processos automáticos para colher informações nos perfis de seus contatos.

O blog também recomenda que o usuário tenha muito cuidado com links externos e não copie e cole códigos na barra de navegação. O método é uma forma clássica de mandar o usuário para um endereço que baixa códigos maliciosos ocultamente no PC do usuário.

O próprio Google implementou um recurso que não permite ir diretamente do orkut para uma página externa clicando num link. Antes, uma camada intermediária aparece com uma mensagem de alerta “este link pode expor você a riscos”.

O Google recomenda ainda manter um antivírus atualizado na máquina e nunca baixar arquivos via orkut, especialmente aqueles com extensões suspeitíssimas como .exe e .vb.

As redes sociais são um problema para a segurança dos usuários porque amigos numa mesma rede tendem a ter um grau de confiança alto entre si. Ao contrário de um spam ou site desconhecido com código malicioso, um link fornecido por um “amigo” do orkut tende a ser lido como confiável pelos usuários.

Receita descarta software do IR para Linux

· 0 comentários

Para linuxistas, resta a máquina virtual

SÃO PAULO - A Receita Federal descartou desenvolver o aplicativo Receitanet para outras plataformas que não Windows, como distribuições Linux e Mac OS.

Ao apresentar o balanço do período de recolhimento do IR este ano, o supervisor da Receita Joaquim Adir classificou como “pouca gente” o número de usuários que baixou a versão do Receitanet – software usado para preencher a declaração de IR – em Java, que funciona tanto em Macs como PCs com Linux.

Usuários de Linux e Mac pedem há anos uma versão adequada para seu sistema operacional e não um aplicativo Java, mais lento e limitado. Segundo a Receita, a demanda não justifica o desenvolvimento.

A Receita não informou, no entanto, qual foi o volume de acessos a seu aplicativo Java. No total, o órgão arrecadador afirma que recebeu 25, 565 milhões de declarações pela web. A previsão da Receita é manter uma versão em Java para usuários que não adotam Windows.

O uso de aplicativos que só rodam em Windows por órgãos públicos é controverso e, há dois anos, motivou uma ação movida pelo PSOL (Partido do Socialismo e Liberdade) contra o TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Na ocasião, o partido protestava contra o fato do aplicativo para prestar contas à Justiça Eleitoral só rodar em Windows.

Fonte: http://info.abril.com.br

Austrália lança menor aparelho auditivo do mundo

· 0 comentários

Um aparelho auditivo, apresentado como o menor modelo do mundo - com tamanho 50% menor do que modelo anterior -, foi lançado em Melbourne, na Austrália, nesta quinta-feira.

Com recurso de regulagem sonora, o Touch, como foi batizado, traz um redutor de ruídos com tecnologia que amplifica ou diminui o volume acordo com a emissão de sons do ambiente em que o portador está.

O aparelho será oferecido a 21% da população australiana, que sofre de problemas relacionados à perda auditiva, e terá 75 modelos de cores diferentes.

O dispositivo possui um pequeno tubo que leva o som para o ouvido e uma espécie de clips, preso atrás da orelha, com o tamanho de uma unha. O tamanho ainda mais reduzido, segundo a empresa HearingLife, foi criado por ser mais discreto do que os modelos tradicionais e para atender aos clientes que se sentem constrangidos em utilizar aparelhos auditivos grandes.

O Touch custa entre 4,9 mil e 1,2 mil dólares australianos, ou cerca de R$ 7,8 mil e R$ 1,9 mil, respectivamente, variando conforme o custeio dos planos de assistência de saúde do governo ou dos seguros de saúde privados.

Fonte: www.terra.com.br

Microsof ainda vê chance de parceria com Yahoo

· 0 comentários

O presidente-executivo da Microsoft, Steve Ballmer, afirmou que vê oportunidades para trabalhar com o Yahoo na criação de um "produto melhor de busca", mas que não comentará sobre discussões que as duas companhias podem estar envolvidas.

A viagem de Ballmer à San Francisco levantou especulações de que ele poderia estar se reunindo com o presidente-executivo do Yahoo, Carol Bartz, sobre um potencial acordo.

Ballmer, perguntado sobre a oferta rejeitada da Microsoft para comprar o Yahoo no ano passado, disse que ainda pensa que uma parceria seria "valiosa".

Ele reiterou comentários anteriores sobre oportunidades potenciais de uma parceria na área de busca com o Yahoo, o que poderia trazer mais clientes e anunciantes.

O Yahoo e a Microsoft são a segunda e terceira maiores ferramentas de busca nos Estados Unidos, com cerca de 8 e 21 por cento de participação de mercado, respectivamente, em março, segundo o comScore.

O Google, principal instrumento de busca, ficou com uma fatia de quase 64 por cento do mercado norte-americano em março.

(Reportagem de Alexei Oreskovic)

Fonte: www.terra.com.br

Professora-robô encanta alunos no Japão

quarta-feira, 6 de maio de 2009 · 0 comentários

A robô humanóide "Saya" segue encantando alunos no Japão. Nesta quinta-feira, ela deu aulas na Escola Fundamental Kudan, em Tóquio. Fez perguntas e conversou com os alunos. No quadro, uma frase: "Que tipo de robô você gostaria de ter?".

Diferentemente dos robôs de aparência mais mecânica - como o popular Asimo, da Honda -, a professora robô consegue expressar seis emoções básicas (medo, surpresa, raiva, felicidade, repugnância e tristeza) graças a motores e cabos conectados aos olhos e à boca, pelo lado interno do rosto, que movimentam sua pele de borracha.

Criada para atuar como robô recepcionista em 2004, Saya vem sendo testada em salas de aulas reais em Tóquio desde o começo deste ano. Entretanto seu criador, o professor Hiroshi Kobayashi, da Universidade de Tóquio, afirma que seu objetivo não é substituir os professores humanos.

Twitter não está à venda, afirma co-fundador

· 0 comentários

Quando a apresentadora Barbara Walters - que mencionou os rumores de que Google, Microsoft e a Apple estariam interessadas em adquirir a companhia - perguntou se o Twitter estava à venda, Stone respondeu: "Não".

"Estamos apenas começando, como eu já disse. A companhia tem dois anos de vida, temos muito por fazer, produtos por arrumar e muito crescimento pela frente", acrescentou ele. "Não estamos à venda. O Twitter está focado em desenvolver novas funcionalidades no site e em permanecer independente".

Fundado por Biz Stone, Jack Dorsey e Ev Williams, o Twitter tem sido objeto de especulação sobre uma possível compra desde que rechaçou a oferta de US$ 500 milhões feita pelo Facebook, peso pesado das redes sociais, em novembro último.

O serviço gratuito permite aos usuários enviar mensagens curtas de até 140 caracteres para a sua rede de amigos. Tornou-se um fenômeno cultural e teve crescimento meteórico em sua popularidade, com o tráfego subindo mais de 900% no último ano.

Segundo a Nielsen Online, que mede o tráfego da internet, o site do Twitter teve mais de 7 milhões de visitantes em fevereiro, frente aos 475 mil em fevereiro do ano passado.

Celebridades como Stephen Fry, Oprah Winfrey e Ashton Kutcher ajudaram a chamar a atenção para o Twitter, enquanto o presidente dos EUA Barack Obama usou a plataforma de microblog em sua campanha eleitoral.

Fonte: www.terra.com.br

Quanto ganham os estagiários de tecnologia no Brasil

· 0 comentários

Confira a média salarial de estagiários que estão em cursos de graduação, nível tecnológico e nível técnico na área de tecnologia

Sete meses depois de promulgada a nova Lei do Estágio (11.788/08), o Núcleo Brasileiro de Estágios (Nube) apresentou uma pesquisa que revela a média de bolsa-auxílio oferecida aos estagiários por empresas de pequeno, médio e grande porte em todo país. Todos os estudantes consultados foram contratados depois da nova lei, ou seja, seus contratos já estão no novo padrão que, entre outras coisas, limita a carga horária a 30 horas semanais e assegura férias de 30 dias caso o contrato tenha duração igual ou superior a um ano.

O sudeste é a melhor região para ser estagiário. Os salários giram em torno dos 705,89 reais. Os empregadores do centro-oeste e norte pagam valores próximos aos seus estagiários: 657,08 e 650 reais. No sul, a bolsa-auxílio média é de 603,67 reais e no nordeste são pagos 595,92 reais em média.

Apenas o salário dos estagiários de ensino médio ficaram abaixo do salário mínimo, que hoje é de 465 reais. Os cursos superiores são os que pagam melhor. Quem recebe mais são os estudantes de Tecnologia em Redes de Computadores, Ciências da Computação, Informática e Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas. Os estagiários desse curso recebem em média mais de 800 reais.

Quem cursa Análise de Sistemas, Engenharia da Computação, Ciência e Tecnologia, Processamento de Dados e Desenvolvimento de Sistemas recebe entre 700 reais e 774,00 reais. Os estudantes de Tecnologia em Desenvolvimento para Web e Comércio Eletrônico e Gestão de Ambiente Internet e Redes têm, em média, 600 reais por mês. Já os universitários dos cursos de Desenvolvimento de Software, Sistemas e Tecnologia da Informação, Tecnologia em Análise de Sistemas e Tecnologia em Criação e Produção Gráfica Digital têm um holerite entre 500 e 550.reais mensais Quem recebe menos são os estudantes de Tecnologia da informação: 475 reais.

Os estagiários de nível médio técnico em informática se deram bem. No ano passado, a média da bolsa-auxílio era de 457 reais. Este ano, foi constatado um aumento de 17,72%, passando para 538 reais.O valor é bem superior à média paga a estagiários de processamento de dados, 475 reais, e a outros estagiários do médio técnico: 467,16 reais.

Essa é, no entanto, uma exceção. Quando comparados os valores de bolsa-auxílio de 2008 e 2009, houve poucas mudanças. Os estagiários do ensino médio e ensino médio técnico saíram perdendo. No ano passado, as médias eram, respectivamente, de 429,94 e 498,37 reais. Esses valores caíram para 421 reais para o nível médio e 467,16 reais para o médio técnico.

Já os universitários não têm do que reclamar. A média subiu. Foi de 760,78 para 805,84 reais. A bolsa-auxílio paga para estudantes de curso superior tecnólogo é de 707,07 reais, mas não entrou na pesquisa no ano passado.

A faixa salarial manteve-se estável. Não foi o que aconteceu com o número de vagas. Segundo a Associação Brasileira de Estágios (ABRES), esse número caiu de 1,1 milhão em 2008 para 900 mil este ano, o que representa uma queda de 18%. As causas para a queda são duas: a nova lei, que impõe restrições ao número de estagiários contratados por empresas e outros empecilhos, e a crise, que fez as empresas cortarem novas contratações.

Para a pesquisa, foram consultados 12.140 no Brasil inteiro durante a primeira quinzena de abril de 2009. Confira Quanto ganham os estagiários de tecnologia no Brasil

Fonte: http://info.abril.com.br

Google pode perder ´Android´ na justiça

· 0 comentários

SÃO PAULO – O sistema operacional para plataforma móveis do Google, Android, pode ser forçado a mudar sua alcunha, e o pior, pagando uma multa milionária a um empresário.

Eric Specht, o responsável por provocar este ‘temor’ nos arredores na sede do Google, é dono de uma empresa chamada Android Data Corporaton. Desde 2002, ele possui uma marca concebida com a palavra “Android”, segundo a Forbes.

Cinco anos mais tarde, em 2007, o Google tentou, sem sucesso e com muitos apelos, registrar uma marca de mesmo nome. A última tentativa ocorreu em novembro do ano passado.

Agora, porém, Specht quer uma recompensa de US$ 94 milhões, alegando uso indevido da marca. O recurso se estende também às empresas integrantes do “Open Handset Alliance”, dentre elas: Motorola, Qualcomm, Sprint Nextel, Telefônica, Toshiba e Vodafone; entre outras.

A polêmica central do caso que deverá se estender nos tribunais é que, para os advogados do Google, a marca é “Android Data”, e não apenas “Android”. Já Specht diz que “Data” (dados, em inglês) é uma palavra genérica e tem função descritiva.

O Google deve ter 60 dias para responder, a partir da data, ou mais adequadamente, do dia, em que for comunicado oficialmente da ida de Specht aos tribunais.

Fonte: http://info.abril.com.br

Google troca cortador de grama por cabras

· 0 comentários

Google substitui cortadores de gramas por cabras para aparar seu jardim

SÃO PAULO - Parece pegadinha de primeiro de abril, mas não é. O Google decidiu alugar um rebanho de cabras para substituir os cortadores de grama na tarefa de aparar o jardim da sua sede.

Segundo um post no blog da empresa, 200 cabras pastoreadas pela border collie Jen vão dar conta do recado, pastando nos jardins do Google durante uma semana.

Além de comer a grama, as cabras fertilizam a área e tudo pelo mesmo custo dos poluentes cortadores de grama. Segundo o Google, elas também são bem mais simpáticas de olhar.

Os animais são alugados da empresa California Grazing, que conta com um “quadro” de 800 cabras a disposição de quem busca alternativas verdes para controlar ervas daninhas e podar arbustos.

Fonte: http://info.abril.com.br

Google Street View expõe segredos do Japão

· 0 comentários

Mapa histórico de um vilarejo na região central do Japão: descendentes de castas baixas da sociedade ainda sofrem preconceito.

TÓQUIO - Quando o Google Earth acrescentou mapas históricos do Japão na sua coleção online no ano passado, o gigante das buscas provavelmente não esperava por uma revolta japonesa.

Afinal, as imagens já haviam sido publicadas em outro site e, em 2006, quando o serviço inseriu uma mapa histórico de Tóquio no seu arquivo, não houve problemas.

Entretanto, o Google está sendo obrigado a dar explicações ao Ministério da Justiça do Japão e enfrentando furiosas acusações de cidadãos porque os mapas publicados mostram detalhadamente a localização de antigas comunidades de castas inferiores da sociedade.

As imagens remetem a época feudal japonea, quando xoguns governavam o país e mantinham um rigoroso sistema de castas. Na parte mais baixa da hierarquia ficava uma classe chamada “burakumin”, etnicamente idêntica a outros japoneses mas que havia sido forçada a viver isolada porque trabalhava com atividades relacionadas com a morte (por exemplo: vendiam carne ou eram coveiros).

O sistema de castas foi abolido no país e os antigos povoados dos burakumins desapareceram à medida que as metrópoles japonesas cresceram.

Porém essa casta ainda sofre preconceitos, principalmente por causa do lugar onde moram ou de onde seus ancestrais viviam. Mudar de cidade não adianta, porque empregadores e familiares de possíveis esposas costumam contratar agências que investigam o passado das pessoas para verificar se elas têm alguma relação com os bukakumin.

Um funcionário de uma importante empresa japonesa que trabalha na área de recursos humanos afirmou que os profissionais descendentes de burakumin são automaticamente eliminados em processos de seleção.

O Google Earth expõe diversos povoados dessa casta. Com apenas um clique, é possível visualizar quais as ruas e prédios que hoje em dia estão no local.

Se houver algum incidente por causa dos mapas e o Google disser que não é culpa sua, vamos concluir que o sistema do Google é uma forma de preconceito”, declarou Toru Matsuoka, membro do parlamento japonês.

Questionado a respeito do assunto, o Google afirmou que “se preocupa profundamente com os direitos humanos e não tem nenhuma intenção de violá-los.”

Fonte: http://info.abril.com.br

Conheça o mais raro acervo histórico da web

· 0 comentários

Biblioteca Digital Mundial: a navegação entre mais de mil documentos históricos pode ser feita pela linha do tempo, ou por região

SÃO PAULO – A Biblioteca Digital Mundial, da Nações Unidas, já conta com 1170 documentos históricos, como gravuras, pergaminhos e manuscritos antigos – de até 8000 anos antes de Cristo.

Atualizado no fim de abril, o acervo disponibiliza para consulta pinturas rupestres em Belém de 1750 a.C., tábuas Sumérias e Babilônias, um mapa do que acreditavam ser o Brasil por volta de 1500 a 1565, e relatos analíticos de Cristóvão Colombo, entre outras raridades, nem sempre disponíveis em outro sites, ou em livros.

Isto porque, mesmo com tanto tempo de existência, a maioria das obras possui direitos autorais, seja de museus, bibliotecas ou de outras instituições. A reprodução, portanto, nem sempre é permitida, mas, pelo próprio site, o usuário tem a possibilidade de averiguar a situação da obra em sua descrição.

Algumas obras também são discutidas em vídeo por especialistas de diversas regiões do globo, como é o caso dos desenhos raros do italiano Giovanni Batista Braccelli, de 1624 a 1649, que mais tarde influenciaram os surrealistas.

Os títulos, que devem ser expandidos em breve, segundo a BDM, são organizados por região, período e espécie, o que facilita na hora de navegar e pesquisar as obras. Outro facilitador: todos os textos são traduzidos para o português.

O endereço do site é http://www.wdl.org/pt/.

Fonte: http://info.abril.com.br

Europa quer harmonizar leis de propriedade intelectual na web

· 0 comentários

A Comissão Européia - órgão executivo da União Européia - propôs nesta terça-feira a harmonização das leis nacionais nos países-membros sobre propriedade intelectual na internet, com o objetivo de facilitar as compras on-line e combater as práticas ilegais.

Esta iniciativa foi apresentada nesta terça de forma conjunta pela comissária europeia de Sociedade da Informação, Viviane Reding, e pela responsável de Consumo do bloco, Meglena Kuneva, como complemento a um guia destinado a melhorar a informação sobre os direitos dos internautas.

Em particular, sugeriram a unificação de critérios sobre as "cópias particulares" de música, videogames, filmes e livros, de modo que os consumidores europeus possam saber quais práticas são legais e quais ilegais. Kuneva e Reding também defenderam um endurecimento das sanções contra o spam, para eliminar este tipo de publicidade não desejada, e pediram às autoridades nacionais que garantam uma correta proteção dos dados privados na rede.

A CE acredita que se os consumidores tiverem "informação clara e unificada" sobre os direitos e obrigações na internet, virá à tona o "verdadeiro potencial econômico do mercado comum on-line", disse Reding em entrevista. Este mercado poderia gerar lucro de até 106 bilhões de euros ao ano, afirmou a comissária.

Atualmente, a maioria dos provedores on-line restringem as vendas dos produtos em formato digital aos países nos quais estão baseados, devido à complexidade das leis nacionais de direitos autorais, disse Reding. Para resolver este problema, a CE sugere a criação de um regime de direitos autorais para os conteúdos on-line, de modo que a aquisição desses não seja dificultada em países diferentes àquele onde o provedor está baseado.

Além disso, propõe que em nível europeu se fixe "a certeza sobre o que se pode e não se pode fazer" com os conteúdos baixados, acabando com a atual fragmentação das leis nacionais sobre cópias privadas, explicou Kuneva. Sobre a proteção da privacidade na rede, Reding lembrou a obrigatoriedade de especificar as condições de uso cada vez que se introduzam dados pessoais on-line, e reivindicou que se preste atenção especial a "novos fenômenos", como as redes sociais.

Fonte: www.terra.com.br

Usuários de todo o mundo começam a fazer o download do Windows 7

· 0 comentários

San Francisco (Estados Unidos) 5 mai (EFE).- Após dois anos de espera e muitos rumores, o Windows 7 chegou hoje finalmente aos usuários de todo o mundo, que já estão instalando de graça a última versão em testes do próximo sistema operacional da Microsoft.

Desde a madrugada de hoje, qualquer usuário pode fazer o download do Windows 7 Release Candidate. Esta versão beta é a mais aproximada da definitiva, que pode chegar ao mercado antes do final do ano.

Com este teste, a gigante do ramo de softwares espera reunir uma grande quantidade de comentários dos usuários que permitam resolver problemas e evitar críticas futuras, uma estratégia que seguiu durante todo o processo de elaboração do Windows 7.

"Escutamos nossos parceiros e clientes e trabalhamos duro para que esta seja a melhor versão beta da história do Windows", disse Bill Veghte, vice-presidente para negócios do Windows, durante o lançamento.

O Windows 7 Release Candidate expira em junho de 2010.

Entretanto, três meses antes, o sistema começará a ser desativando pouco a pouco em todos os computadores nos quais esteja instalado, obrigando seus usuários a adquirir a versão paga do produto.

A versão para download está disponível em inglês, espanhol, francês, alemão e japonês e em versões de 32 e 64 bits. Os usuários devem se registrar e recebem uma senha que usarão durante todo o período de testes.

Antes de o download começar, a Microsoft adverte que não existe suporte técnico para aqueles que decidam testar a versão beta e que é necessário ter conhecimentos sobre como instalar um sistema operacional, fazer cópias de segurança ou formatar um disco rígido.

Os usuários do Windows Vista não precisam fazer cópias de segurança de suas aplicações ou arquivos, apesar de a Microsoft recomendar fazê-lo de todo modo.

Já os que têm computadores com o Windows XP instalado devem copiar todos os seus dados antes de instalar a nova edição do sistema operacional.

Além disso, a companhia alerta para alguns problemas que não puderam ser solucionados, como questões relativas ao navegador Explorer 8.

O Windows 7 Release Candidate já foi testado nos últimos dias por usuários das redes MSDN e Technet. Tanto a Microsoft, quanto especialistas elogiaram sua estabilidade e a eliminação dos problemas mais criticados no Vista, até então a versão mais recente do Windows, lançada há mais de dois anos.

"Baseado na informação que recebemos, esperamos que o Windows 7 esteja preparado para ser o lançamento de maior qualidade da história" do sistema operacional, comentou Brittany Robbins, porta-voz da Microsoft.

Com o Windows 7, a empresa espera corrigir os erros do Vista, que gerou mais críticas do que elogios entre os usuários, fazendo com que muitos preferissem, inclusive, continuar utilizando versões mais antigas do sistema.

Curiosamente, a nova versão chega com uma função chamada Windows XP Mode, que permite aos usuários de pequenas e médias empresas executar aplicações da edição antiga diretamente a partir do Windows 7.

Além disso, a última geração do Windows inclui menos alertas e janelas de notificação de potenciais riscos de segurança, fato que irritou muitos usuários de Vista e que foi ridicularizado em anúncios de seu concorrente Apple.

O Windows 7 apresenta uma versão melhorada para netbooks, cujo rápido crescimento de vendas salvou os fabricantes de computadores no meio da crise.

Cerca de 80% dos netbooks atualmente no mercado utilizam Windows XP, uma versão mais antiga, barata e menos rentável para a Microsoft do que o Windows Vista, mas que funciona melhor neste tipo de equipamento.

Outra novidade é a ferramenta Remote Media Streaming, pensada principalmente para empresas, que permite acessar de maneira remota bibliotecas de mídias digitais a partir de qualquer computador com Windows 7. EFE pg/bba

Fonte: www.terra.com.br

Como o Vista, Windows 7 também terá seis versões

terça-feira, 5 de maio de 2009 · 0 comentários

No Windows XP existiam apenas as versões Home e Professional: a primeira destinada ao usuário doméstico e a segunda, com opções avançadas e melhores recursos de rede, a usuários corporativos. Contrariando essa tradição, o Windows 7 terá seis versões, assim como seu antecessor Vista, embora apenas duas delas sejam destinadas à maior parte do público.

Desde seu lançamento em 1985, o Windows possuía uma ou no máximo duas versões disponíveis. No Windows Vista, todavia, uma série de versões diferenciadas surgiu, cada uma destinada a um público diferente, o que acabou gerando uma certa confusão entre os usuários e, principalmente, para os revendedores.

Esse legado foi passado ao Windows 7, mas algumas diferenças talvez simplifiquem as coisas para todos. A principal delas é que voltam os nomes Home e Professional, usados no XP, para as versões mais "comuns" do sistema.

O Windows 7 Home Premium é destinado ao usuário doméstico, enquanto o Windows 7 Professional deve equipar as estações de trabalho de pequenas e médias empresas. A Microsoft espera que a maioria esmagadora dos consumidores escolha uma dessas duas versões para "uso geral" e o marketing da empresa será direcionado nesse sentido.

Aumentando ligeiramente a possibilidade de confusão haverá mais quatro versões para fins específicos. A Home Basic substituirá o Vista Starter, aquela versão do Windows Vista que equipa computadores vendidos em mercados emergentes (entre eles o Brasil) e que não oferece opção de upgrade. O Windows 7 Home Basic será, portanto, apenas vendido em mercados emergentes, lembrando que o atual Windows Vista Home Basic é vendido no mundo todo, sem restrições.

A versão Starter continuará existindo, mas agora será dedicada apenas a computadores de baixo custo e aos chamados netbooks, laptops com recursos reduzidos e armazenamento limitado. Ainda não está claro se as restrições da antiga Starter ¿ sendo a mais grave delas a limitação de três programas rodando ao mesmo tempo na máquina ¿ existirão também nesta versão.

Para entusiastas ainda existirá a versão Ultimate, com todos os recursos já desenvolvidos para o Windows bem como alguns extras. E, por fim, haverá ainda a edição Enterprise, dedicada apenas a grandes corporações e vendida mediante contrato ¿ ou seja, você não a encontrará nas prateleiras.

O preço de cada uma delas, porém, ainda é um mistério. Também não foram informados valores de atualização, mas já é fato conhecido que não haverá suporte para migração direta do XP para o Windows 7.

Quem quiser fazer esta troca precisará de uma instalação limpa, formatando a máquina e instalando o novo sistema no lugar. Nesse caso, o usuário precisará adquirir uma licença "full" do sistema, possivelmente muito mais cara que a licença "upgrade" para atualizar do Windows Vista para o Windows 7.

Fonte: www.terra.com.br

Conheça a trajetória do Windows 7

· 0 comentários

Em janeiro de 2007, a Microsoft colocou nas prateleiras o Windows Vista, um sistema operacional que teria como objetivo revolucionar a segurança e interface de seu antecessor, Windows XP, no mercado por seis anos. O Vista, entretanto, não alcançou o sucesso esperado. Apenas dois anos e meio após seu lançamento, a Microsoft libera a versão Release Candidate de seu sucessor, o Windows 7.

Em meio a críticas a respeito de decisões de projeto e reclamações sobre incompatibilidade, o Vista não agradou a uma parcela significativa dos consumidores e fabricantes de PC. Uma das maiores críticas a respeito do Vista é sua "fome" de recursos do hardware: é necessário uma máquina bastante poderosa apenas para o sistema operacional, especialmente se comparado ao hardware necessário para rodar o Windows XP.

Para piorar a situação, muitos fabricantes de PCs baratos começaram a vender máquinas que, mesmo subdimensionadas, eram entregues com o Vista. O desempenho, obviamente, era péssimo, o que colaborou para aumentar a má fama do Vista.

Outro problema sério do Vista, no início, era a incompatibilidade de drivers e de software. Os fabricantes de periféricos não haviam tido tempo de atualizar seus produtos para o Windows Vista e, com isso, havia no mercado uma grande quantidade de webcams e impressoras, por exemplo, "micados". Isso sem contar os equipamentos que o usuário já possuía em casa, que sempre funcionaram no Windows XP e que foram forçados a substituir.

Um terceiro ponto de atrito com o Vista teria sido o novo UAC, ou User Account Control. O UAC altera de maneira significativa os poderes do usuário sobre o sistema. Se de um lado o UAC evita muitos dos problemas causados por vírus e hackers, a forma como foi implementado é bastante incômoda, às vezes perguntando duas ou três vezes se o usuário tem certeza do que está fazendo.

Hoje, a maioria desses problemas foi resolvida. Mesmo assim, grande número de usuários ainda faz o chamado "downgrade", apagando o Vista e instalando o antigo e familiar Windows XP.

Windows 7
Já no início de 2008 começaram os rumores de que o sucessor do Vista estava a caminho. Uma suposta versão inicial do programa, de codinome Blackcomb Vienna, teria sido encaminhada a parceiros importantes, com melhorias gráficas e um novo Media Center.

De lá para cá, a maioria dos rumores revelou estar, mesmo que só em parte, correta. O nome Windows 7 foi confirmado como oficial pela Microsoft e versões prévias ¿ legais ou não ¿ começaram a se disseminar por sites de troca de arquivos. Até que, em 9 de janeiro de 2009, a primeira versão beta chegou oficialmente ao público.

Mesmo visualmente semelhante ao Windows Vista, o Windows 7 foi bem recebido tanto por críticos como por usuários. Não só as incompatibilidades que arruinaram a vinda do Windows Vista não estão mais presentes, como também o sistema operacional passou por uma bela dieta de consumo de recursos e processamento.

O otimismo aumentou a tal ponto que, de acordo com a própria Microsoft, muitos usuários estavam utilizando a versão de testes em tempo integral, substituindo outras versões do sistema operacional.

No dia 30 de abril, a Microsoft cedeu aos usuários cadastrados na MSDN e na TechNet a versão Release Candidate (RC), a última etapa antes do lançamento final de um software. É esta mesma versão que está disponível a partir de hoje, dia 5 de maio, ao grande público.

Fonte: www.terra.com.br

Receba Atualizações

RECEBA ATUALIZAÇÕES DO BLOG DIRETO NO SEU E-MAIL:

Delivered by FeedBurner

Twitter

Duvidas e Recados

Tradutor

Parceiros Top

Leitores